mmm mmm
             
      Actividades      
     


ecoeco

 
         

eco_eprg

O Programa Eco- Escolas tem como principal objectivo incentivar acções e reconhecer o trabalho desenvolvido pelas escolas em benefício do ambiente.
Sendo o ambiente uma das maiores preocupações da actualidade, a EPRG não quis ficar indiferente e inscreveu-se no programa. Desde então, formadores, formandos e colaboradores puseram mão à obra, contribuindo assim para um ambiente melhor.

 
               

- Os nosso símbolos

 

M

- Calendários

M

- Marcadores

M

- Natal

M

- X'mas Peddypaper

M

- Concurso de MAIOS

M

- Organização e Participação em diferentes eventos

M

- Plano de Acção Eco-Escola

M

- Azorica Bio-Mundo

M

- Recolha de Pilhas / Tampinhas

M

- Reciclagem de Borra de Café

M

- Compostagem

M

- Semana da Energia

M

- Recolha de Tinteiros

M

- Resultados Guia Auditoria Ambiental

M

- Reciclagem

M

- Depositrão

M

- Recolha de Água do Ar Condicionado

M

- ECO-CÓDIGO

M

- Detergentes Ecológicos

M

- Eco-Desfile

M

- COnfecção de peças de vestuário com tecidos de fibra natural - pano crú

M

- HORTUS - Jardim Pedagógico

M

 
- OS NOSSOS SÍMBOLOS

 

ECO1

 

ECO2

 

ECO3

POUPANÇA E PRESERVAÇÃO DA QUAIDADE DA ÁGUA

POUPANÇA DE ENERGIA
M

DIMINUIÇÃO DA PRODUÇÃO DE CO2

 

ECO4

 

ECO5

 

ECO6

CONSUMO SUSTENTÁVEL

PRENDAS ECOLÓGICAS
M

CONSUMO ALIMENTAR SUSTENTÁVEL DAS FAMÍLIAS

 

ECO7

 

ec012

 

ECO16

PRESERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE E DA CONSERVAÇÃO DA NATUREZA

RECICLAGEM

COMPOSTAGEM

 

EC010

 

ECO8

 

EC09

PRIOLO

CACHALOTEM

VIDÁLIA

VOLTAR


 
- PLANO DE ACÇÃO

A Escola Profissional da Ribeira Grande, através do conselho Eco-Escola, delineou o seu Plano de Acção para:

- Ano lectivo 2016/2017, podendo o mesmo ser consultado aqui.

 

 

 
- RESULTADOS AUDITORIA AMBIENTAL

A Escola Profissional da Ribeira Grande, através do conselho Eco-Escola, aplicou um questionário a fim de se proceder a uma auditoria ambiental e, com os resultados desta, elaborar o Plano de Acção para:

- Ano Lectivo 2016/2017. Os resultados desta auditoria podem ser consultados aqui.

 

 

VOLTAR

 
- ECO-CÓDIGO

O cartaz apresentado tem por temas a Biodiversidade, Energia, Resíduos, Água e Preservação. As imagens associadas a cada temática foram criadas pelos alunos do curso Técnico de Multimédia – 2º ano, tendo para tal recorrido a um “brain-storming” realizado entre os cursos de Informática de Gestão, Gestão e Programação de Sistemas Informáticos e Multimédia. Após chegarem a um consenso sobre qual o logo que melhor identificaria a temática, o curso de Multimédia foi o responsável pela criação “informática” dos mesmos. O fundo do poster é composto por folhas preenchidas ou simplesmente pelo seu rebordo, tendo sido aproveitado do cartaz criado para o jardim pedagógico. No que concerne à pesquisa de provérbios, os alunos de Multimédia foram responsáveis pela pesquisa, tendo contado com a supervisão do Coordenador, bem como do professor responsável pela criação do design, Direcção Pedagógica, do Gabinete de Orientação, Inserção e Acompanhamento Profissional e restantes membros do conselho Eco-Escola. A escolha dos provérbios foi devido ao facto de se poder associar o saber “ancestral” à realidade actual.
A cor predominante é o verde, uma vez que se pretende cada vez mais um mundo verde, tendo, igualmente inspirado a construção do logótipo da escola associado ao programa Eco-Escola e às temáticas a desenvolver.

ecoc1

ecoc2 mecoc3m ecoc4

ecoc5 mecoc6

2016/2017

O poster Eco-Código é constituído por um conjunto de frases alusivas ao tema. A recolha das frases foi feita junto da comunidade escolar, havendo o cuidado de uma prévia informação sobre os objetivos do trabalho. Desta forma, a comunidade contribuiu com diversas frases que integram os princípios ambientais que norteiam a nossa Escola.
Para o layout deste poster, a base foi o código de barras, em tons verde, sobre um fundo de folhas estilizadas em diferentes tons de verde, representando a nossa ilha - São Miguel - Ilha Verde!  As frases são a branco e foram destacadas palavras chave a verde claro.

 

VOLTAR

 
- AZORICA BIO-MUNDO

A Escola Profissional da Ribeira Grande assinalou o Dia Mundial da Floresta com a plantação de endémicas. Esta iniciativa, de carácter pedagógico, teve lugar na sede da EPRG onde no dia 5 de Junho de 2009 (Dia Mundial do Ambiente) será inaugurado o seu Jardim Pedagógico Azorica Bio Mundo.
Este Jardim tem como principal objectivo dar a conhecer à comunidade açoriana a beleza  e a singularidade de algumas das 60 espécies de plantas que se podem encontrar exclusivamente no arquipélago dos Açores.
A construção do Jardim conta com a ajuda dos formandos de vários cursos profissionais e Reactivar. O curso Técnico de Informática de Gestão responsável pelo logótipo; o curso de Horticultura e Fruticultura Biológicas responsável pela apresentação das plantas; o curso de Alvenaria e Revestimentos responsável pelos alindamentos e protecções em pedra e o curso de Carpintaria responsável pela construção do suporte para o poster informativo e das placas de identificação das plantas.

AZ1 AZ2

AZ3 AZ4 AZ5

az099

az08

download do placard

Formandos do curso Produção Agrária/Produção Animal, com a supervisão da formadora Sandra Cardoso, procederam ao embelezamento dos espaços exteriores da EPRG, tendo plantado petúnias e sicas.

 

 

VOLTAR

 
- CALENDÁRIOS
O curso Técnico de Multimédia criou um conjunto de calendários individuais para o ano 2010, podendo os mesmos, depois de impressos e recortados, serem colocados em caixas de CD's vazias, obtendo-se um arquivador anual com um calendário mensal. Em cada um dos meses podem encontrar-se as temáticas abrangidas pelo programa Eco-Escola, tendo os logotipos sido criados a partir de um brainstorming entre os cursos de Multimédia, Informática de Gestão e Gestão e Programação de Sistemas Informáticos, formadores e outros elementos da comunidade escolar. O curso de Multimédia foi o responsável pela "informatização" dos logotipos.

calend1 calend2 calend3 calend4

download dos calendários 2015

VOLTAR

 
- MARCADORES
O curso Técnico de Multimédia criou um conjunto de marcadores de livro subordinado às temáticas abrangidas pelo programa Eco-Escola, contendo frases sobre eco-código, tendo sido o resultado de pesquisa efectuada por este curso

download dos marcadores

VOLTAR

 
- CONCURSO DE MAIOS
A Escola Profissional da Ribeira Grande comemorou o dia 1 de Maio, dia do trabalhador, com um concurso de MAIOS, devendo estar relacionados com um tema da actualidade, no âmbito da Comemoração do Centenário da Implantação da República, do ano Internacional da Luta Contra a Pobreza e Exclusão Social e do ano da Biodiversidade. Os critérios de avaliação para a atribuição do “Melhor Maio” são:
    •  apresentação do Maio mais criativo e original;
    •  utilização de materiais reutilizados/reciclados;
    •  Adequação da temática.

2010 - O Curso Técnico de Informática de Gestão elaborou um MAIO tendo em conta uma acção pedagógica acerca da separação de residuos, apresentada ao público pelo próprio MAIO, fazendo recurso de uma apresentação multimédia. Este Maio foi construido utilizando roupas velhas, plásticos e componentes de computadores e material de limpeza. Por sua vez, o curso de Cuidados e estética do Cabelo elaborou um MAIO com recurso a papeís e latas, latas estas tinham por função a mesma que os trdicionais "rolos de cabelo". O curso de Serviço de Andares, elaborou um MAIO recorrendo à reciclagem de tecidos e de roupas.

maio1 maio2 maio3

maio4

2011 - O Curso Técnico de Energias Renováveis elaborou um MAIO tendo em conta uma acção pedagógica acerca da separação de resíduos, apresentada ao público pelo próprio MAIO. Este Maio foi construído utilizando caixas de leite vazia e plásticos.

maio11


VOLTAR

 
- X'MAS PEDDYPAPER
A Escola Profissional da Ribeira Grande organizou um X'MAS PEDDYPAPER no dia 18 de Dezembro, onde os participantes percorreram as ruas da Vila de Rabo de Peixe, tendo por objectivo completar várias tarefas, das quais se destaca a recolha de 15 objectos ao longo do percurso para reciclar (5 de cada categoria dos ecopontos-amarelo, azul e verde). Numa das tarefas, os participantes tiveram de criar um gorro de "Pai Natal" com plásticos reciclados.

cr1

VOLTAR

 
- NATAL
No decorrer da Quadra Natalícia, a Escola Profissional da Ribeira Grande promoveu, junto dos cursos, a decoração de uma Árvore de Natal criada pelos formandos do curso de Carpintaria com materiais reciláveis/reciclados. Do mesmo modo, os cursos Técnico de Informática de Gestão e Gestão e Programação de Sistemas Informáticos criaram uma Árvore de Natal utilizando material publicitário e CD's usados.

NAT1

No âmbito das festividades natalícias, os formandos dos cursos Técnico-profissionais da EPRG, nomeadamente Animador Sociocultural, Produção Agrária/Produção Animal, Apoio Psicossocial, Recuperação do património Edificado e Gestão de Equipamentos Informáticos, elaboraram, sob a orientação da formadora de matemática, Sónia Mota, duas Árvores de Natal e um presépio com material reciclado (cápsulas de café e folhas de alumínio de jornal impressas). Os trabalhos foram contextualizados no projeto Eco Escolas.

A formadora de matemática foi a promotora do projecto, contando com a colaboração do formador André Rodrigues para a elaboração do presépio. A EPRG agradece a ambos pelo empenho e pela dedicação de manifestada no referido trabalho.

 

VOLTAR

 
- ORGANIZAÇÃO E PARTICIPAÇÃO EM DIFERENTES EVENTOS

 A Escola Profissional da Ribeira Grande participou no IX Encontro de Educação Ambiental e Eco-Escolas, que decorreu de 22 a 24 de Abril, na Escola Secundária Manuel de Arriaga, na Cidade da Horta.
Este encontro teve como principais objectivos proporcionar a possibilidade de se adquirirem conhecimentos, valores, aptidões para proteger, melhorar e acarinhar o ambiente e partilhar práticas e experiências para uma educação e formação de cidadãos ambientalmente cultos, intervenientes e preocupados com a defesa e melhoria da qualidade do ambiente natural e humano.
Desde modo, o encontro mobilizou cerca de 120 educadores, professores, técnicos do ambiente e investigadores, na reflexão e procura de novas formas de acção numa área mui nobre, como o ambiente.
A Escola Profissional da Ribeira Grande esteve representada pela técnica do GOIAP, Susana Cavaco, em substituição do formador coordenador do Programa Eco-Escolas, Nuno Gaudêncio que considerou que o encontro contribuiu para a qualidade do ambiente nos Açores, para uma melhoria da formação dos docentes/formadores e técnicos e, consequentemente, dos formandos, bem como para o surgimento de projectos que têm, sempre, por objectivo a preservação e promoção do espaço natural.

hor3hor2

hor4

 

              A Escola Profissional da Ribeira Grande promoveu nos dias 16 e 17 de maio DE 2017 um seminário intitulado "Abraçar desafios, projetar o futuro!". Foram debatidos temas como apoios financeiros aos jovens agricultores, alojamentos com boas práticas ambientais, transformação de produtos cultivados, agro-turismo e restaurantes que servem só alimentos biológicos.
              Integrado neste seminário esteve patente uma exposição de fotografias dos trabalhos realizados nas aulas práticas dos cursos de Produção Agrária/Animal e Vegetal, bem como a apresentação da horta vertical biológica e o processo da vermicompostagem.
              Participaram no seminário cerca de 300 pessoas, essencialmente formandos dos cursos de produção agrária e de turismo. Esta iniciativa teve como objetivo incrementar a formação dos formandos e refletirem sobre temas atuais relacionados com o setor agrícola.

 

              O Coordenador Eco-Escola, Nuno Gaudêncio, participou no seminário Eco-Escolas em Leiria - 2016 e Ílhavo - 2017, tendo sido acompanhado pela Técnica do Município da Ribeira Grande, Adriana Arruda.
Como resultado da participação neste seminário, ambos contactaram com outras realidades de boas práticas eco-pedagógicas e estabelecera contactos e parcerias com as entidades que tinham os stands patentes neste seminário, como por exemplo o Jardim Zoológico de Lisboa.

 

VOLTAR

 
- RECICLAGEM
Os formandos do curso Técnico de Multimédia, juntamente com o coordenador do programa Eco-Escola, procederam ao aproveitamento das caixas de resmas de papel para criar caixotes para a separação de resíduos. O separador de papel foi colocado em todas as salas e serviços da escola e no refeitório/bar foram colocados os três separadores.

rec1 rec2 rec3

rec4

Formandos do curso Animador Sociocultural, juntamente com o coordenador do programa Eco-Escola, procederam ao aproveitamento das caixas de resmas de papel para criar caixotes para a separação de resíduos. O separador de papel está ser colocado em todas as salas e serviços da escola e no refeitório/bar.

Uma parceria com a Cooperativa A PONTE NORTE permitiu colocarmos nas salas e refeitório ecopontos da MUSAMI.

FLOR TECNOLÓGICA
O curso Animador Sociocultural abraçou o desafio de decorar uma flor para uma exposição coletiva públicade "flores" ao longo da rua principal da Ribeira Grande. Deste modo, e aproveitando a recolha de material proporcionada pela Geração Depositrão, decorou-se a flor com memórias RAM, placas de circuitos e teclas, batizando-a de Flor Tecnológica. O trabalho foi muito apreciado pela comunidade educativa, bem como pelos transeuntes.

 

FESTA DA FLOR 2015
Formandos do curso Animador Sociocultural e DO curso Psicossocial, sob a orientação do coordenador do programa Eco-Escola, procederam ao aproveitamento de caixas de cartão e garrafas de plástico para elaborarem elementos decorativos para a Festa da Flor que se realizou na Ribeira Grande. estes elementos decoraram o espaço reservado para a EPRG tendo sido muito apreciados pelos demais visitantes. Do mesmo modo, utilizaram aparas de madeiras, vulgarmente conhecidas como fitas, tingidas com anilina de diferentes cores, para a elaboração de um tapete de boas vindas ao espaço EPRG.

 

CARRINHOS "RECICLADOS"
Formandos do curso Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos, sob a supervisão da formadora Marisa Maré, desenvolveram carrinhos reciclados a partir de garrafas de plástico e de material informático obsoleto no âmbito do tema Circuitos Elétricos. Para além dos objetivos inerentes à disciplina, também apelou à criatividade e à reciclagem de material informático.

 

VOLTAR

 
- DEPOSITRÃO

A Escola Profissional da Ribeira Grande aderiu à campanha GERAÇÃO DEPOSITRÃO, tendo por objectivo sensibilizar a comunidade escolar para a recolha de diferentes tipos de materiais para a reciclagem, (In)formar acerca das características específicas dos REEE e principais conceitos associados a este tema, sensibilizar a escola e a comunidade para a importância da entrega dos REEE para reciclagem e incentivar o depósito de REEE através do Depositrão, bem como a realização de trabalhos pelas escolas. A divulgação desta iniciativa foi feita através de cartazes, autocolantes e flyers fornecidos pela Geração Depositrão, bem como por panfletos criados pelos formandos e sitio da escola. Também, os formadores tiveram um importante papel na divulgação e sensibilização desta iniciativa junto das suas turmas, e comunidade envolvente, onde pais, comércio e particulares depositaram o mais diversificado material.
Para a realização da arte final, os formandos  e formadores foram convidados a apresentar propostas para a criação de objecto de acordo com os requisitos apresentados pela Geração Depositrão e com o material entregue. Assim, e após várias opções, escolheu-se criar o MUNDO DIGITAL, criado com as motherboards, tampa lateral do CPU e teclados, como é documentado pelas fotografias.


Para a realização da arte final, os formandos  e formadores foram convidados

gd1gd2 gd3

dep8dep5 dep6

dep7

Formandos da turma E do curso REACTIVAR, sob a orientação do formador Nuno Rafael Costa, participaram na recolha de diversos elementos no âmbito do programa Geração Depositrão - Radiografias, Medicamentos, Tinteiros e Equipamento Elétrico. Os recipientes foram colocados no bar da escola e no edifício CAOF.

 

 

VOLTAR

 
- RECOLHA DE PILHAS / TAMPINHAS
A Escola Profissional da Ribeira Grande, através da secção da reprografia, procedeu a uma campanha de recolha de pilhas. Têm por objectivo informar a comunidade escolar para o facto de que estas pilhas se forem reencaminhadas de forma incorrecta e depositados no aterro sanitário, vão degradar o ambiente e a cadeia alimentar, mas quando recolhidas e tratadas de forma correcta, deixarão de constituir qualquer tipo de perigo para o ambiente garantindo um futuro limpo e saudável, tendo por objectivo alertar a comunidade para o perigo de contaminação de solos ao deitar pilhas para o lixo.

pil1 pil1 pil1

Formandos do curso Reactivar Técnico de Apoio Familiar e de Apoio à Comunidade desenvolveram uma campanha de recolha de tampinhas na escola com o obetivo de entregar a recolha ao agrupamento de Escoteiros da Vila de Rabo de Peixe. O recipiente para a recolha das tampas foi criado utilizando caixas de cartão de toners. Os recipientes foram colocados no refeitórios da escola.

VOLTAR

 
- RECICLAGEM DE BORRA DE CAFÉ

As borras de café resultantes dos cafés feitos no bar da escola constituem um fertilizante para as plantas. Assim, qualquer pessoa da escola que queira adubar as suas plantas com este produto leva um recipiente a fim de se proceder à recolha do mesmo.

VOLTAR

 
- RECOLHA DE TINTEIROS
A Escola Profissional da Ribeira Grande, através da secção da reprografia, procedeu a uma campanha de recolha de tinteiros e toners usados de forma a serem reciclados/reutilizados após o enchimento, contribuindo, deste modo, para uma diminuição da produção de resíduos plásticos.

tint1 tint2 tint1

VOLTAR

 
- SEMANA DA ENERGIA
O curso Técnico de Construção Civil, através da disciplina de Fisica e Química, organizou uma exposição sobre a temática "ENERGIA - FONTES RENOVÁVEIS". Os formandos deram a conhecer à comunidade escolar quais as fontes de energia renováveis que dispomos, bem como as suas vantagens.

ene1 ene2 ene3

ene4 ene5 ene6

No painel da Geração Depositrão situado no refeitório da escola, a comunidade escolar encontra folhetos a sensibilizar para importância da poupança de energia.

Formandos do curso Técnico de Recuperação do Património Edificado criaram "boxes" a partir de caixas de cartão a apelar à poupança de energia, mais concretamente à utilização dos computadores com a mensagem "Quando sair, desligue o computador. O Ambiente agradece!". Estas "boxes" foram colocadas nas salas de informática e na sala de professores.

              O Curso Técnico de Artes Gráficas expos os trabalhos desenvolvidos no âmbito da disciplina de Física e Química - Circuitos Elétricos - sob a orientação da formadora Marisa Maré. Esta atividade proporcionou o desenvolvimento e a aplicação dos conhecimentos sobre este tema através da elaboração de um jogo didático e interativo de correspondência e de protótipos de veículos elétricos. Os trabalhos foram construídos pelos formandos recorrendo à reutilização de materiais como plásticos, madeiras, componentes de circuitos elétricos, entre outros.

 

VOLTAR

 
- COMPOSTAGEM

O curso de Horticultura e Fruticultura Biológicas propoveu a compostagem utilizando minhocas, enquanto que o curso de Carpintaria criou as caixas para compostagem e o curso Técnico de informática de Gestão criou o logotipo. Esta iniciativa tem por objectivo informar a comunidade escolar como se procede à compostagem, desmistificando o complexidade do processo, bem como incentivar à prática do mesmo.

compost1

C:\Users\Margarida Pinto\Desktop\dancaruilha\IMG_0891.JPG C:\Users\Margarida Pinto\Desktop\dancaruilha\IMG_0895.JPG C:\Users\Margarida Pinto\Desktop\dancaruilha\IMG_0898.JPG

C:\Users\Margarida Pinto\Desktop\dancaruilha\IMG_0899.JPG C:\Users\Margarida Pinto\Desktop\dancaruilha\IMG_0990.JPG C:\Users\Margarida Pinto\Desktop\dancaruilha\IMG_0998.JPG

As aulas práticas do Curso de Horticultura e Fruticultura Biológicas estão a decorrer na “Quinta de Santana” em Rabo de Peixe. Os formandos, com o apoio dos formadores Sandra Cardoso e David Moreno, estão a desenvolver actividades de carácter prático muito importante para a sua formação.

A1 A2 A3

A4 A5 A6

O curso de Produção Agrária/Produção Animal, com a supervisão da formadora Margarida Pinto, promoveu a compostagem utilizando minhocas californianas na Festa da Flor 2015, realizando diversos workshops. Esta iniciativa tem por objetivo informar a comunidade escolar e população em geral como se procede à compostagem, desmistificando o complexidade do processo, bem como incentivar à prática do mesmo.

Os cursos de Técnico de Produção Agrária/Produção Animal e Produção Agrária/Produção Vegetal assumiram o compromisso de dinamizar um horta biológica no decorrer deste ano letivo. Este desafio foi colocado à responsável pelas aulas práticas destes cursos, formadora Sandra Cardoso, tendo os mesmo cultivado diversos produtos. Este ano só conseguimos cultivar batatas, feijão, favas, bróculos, alfaces, ervilhas e rabanetes, não atingindo a meta proposta de 8 produtos, pelo que o objetivo foi considerado parcialmente atingido. Alguns destes produtos foram utilizados na confeção da Sopa do Espírito Santo Light.

A Escola Profissional da Ribeira Grande marcou presença na I Feira de Inovação e Desenvolvimento Local da Ribeira Grande que decorreu de 18 a 20 de novembro de 2016 no Largo Hintze Ribeiro - Matriz da Ribeira Grande, através da dinamização de um stand "Minhocas em Ação" no qual, 4 formadores e 18 formandos do curso Técnico de Produção Agrária / Produção Vegetal - 2º ano, apresentaram o processo da vermicompostagem e construção de uma horta vertical, estando ambos interligados, uma vez que o composto produzido é utilizado como substrato na horta vertical e os excedentes da horta vertical são utilizados como alimento para as minhocas.
              O feedback foi muito positivo, pois, para muitos visitantes deste evento, o nosso stand despertou muita curiosidade e interesse. A maior parte do público desconhecia o processo da vermicompostagem, pelo que ficaram muito agradados com esta técnica de redução de resíduos e, inclusivamente, interessados em pô-la em prática nas suas varandas/alpendres. Uma vez que esta mostra esteve inserida numa feira, a estimativa inicial de visitantes durante os três dias foi largamente superada, tendo mais de mil pessoas visitado nosso stand. Uma vez que esta ação está inserida na Semana Europeia e Regional da Redução de Resíduos, colocou-se em lugar de destaque o cartaz alusivo a esta semana, o qual  despertou muita curiosidade e sensibilizou os visitantes do nosso stand para a prática da redução de resíduos.

 


VOLTAR

 
- Recolha de Água do Ar Condicionado
A Escola Profissional da Ribeira Grande, através dos seus auxiliares de acção educativa, procede à recolha e utilização da água gerada pelo ar condicionado da reprografia e da sala dos servidores para a limpeza de pavimentos.

ag1 ag2 ag1

VOLTAR

 
- Detergentes ecológicos - LIMPAR A CASA SEM POLUIR

Desentupir e limpar canos e ralos
Coloque 2/4 colheres de sopa de bicarbonato de sódio seguidas de 1 chávena de vinagre. Deixar actuar 10 minutos e deixar a água quente correr durante alguns segundos.

Desinfectante multiusos
(para bancadas de cozinha, lava-loiças, microondas, fogão e forno)
½ chávena de bicarbonato de sódio
¼ de chávena de água morna
¼ de chávena de sumo de limão
1 chávena de sabão líquido
Num frasco borrifador misture o bicarbonato de sódio e a água. Agite bem e deixe repousar até dissolver. Acrescente o sumo de limão e sabão líquido e agite até dissolver completamente.

Lavar o chão
¼ de chávena de vinagre branco
4,5i de água morna
½ limão espremido
Misture todos os ingredientes num balde grande. Quando terminar de limpar, esprema a esfregona e polvilhe com bicarbonato de sódio. Deixe actuar cinco minutos e lave com água morna. A esfregona secará sem cheiros e sem bolor.

Detergente para a loiça (para guardar e ir usando)
½ sabão azul e branco derretido num litro de água
2 colheres de sopa de glicerina
2 colheres de chá de óleo de rícino
3 litros de água
Passe tudo com a varinha mágica e coloque num garrafão de cinco litros. Muito barato, deixa as mãos macias. Não faz tanta espuma como os outros detergentes (por isso é preciso usar uma quantidade maior) embora desengordure na mesma.

Desinfectantes de casa de banho
Desinfectantes de Casa de Banho

(para guardar e ir usando)
1l de álcool a 70º
4 litros de água
1 sabão caseiro
Bastantes folhas de eucalipto
Deixar as folhas de eucalipto de molho no álcool durante 2 dias.
Ferver o sabão ralado num litro de água até se dissolver. Juntar a água e a essência de eucalipto e engarrafar.
(fazer e usar logo)
1 chávena de bicarbonato de sódio
Sumo de um limão
1 chávena de sabão líquido
Misture e coloque dentro de um frasco borrifador. Use no bidé, sanita, lavatório e banheira. Se ficar muito grosso, acrescente a água necessária à consistência desejada. Para limpar o interior da sanita, borrife com bicarbonato de sódio e deixe actuar 10 minutos. Junte este produto de limpeza e esfregue normalmente

Nota: Os preparados com limão duram apenas uma semana
         Os outros guardam-se mas os ingredientes podem separar-se ou criar depósito, bastando agitar.

VOLTAR

 
- Eco- Defile

O Curso de Costureiro(a) Modista B2+3, na disciplina Cidadania e Empregabilidade, sob a orientação do formador Jorge Sobreda, em colaboração com a formadora Margarida Sousa, têm vindo a desenvolver uma actividade que muito tem contribuído para a sensibilização dos alunos para os problemas ambientais. O grupo pretende dinamizar e sensibilizar a comunidade escolar, com a realização de um desfile, no qual os vestidos serão compostos por material reciclado. O objectivo comum, é que contribuam para a melhoria e conservação do ambiente.

pc8 pc9 pc10

pc11 pc13 pc14

VOLTAR

 
- Confecção de Peças de vestuário com tecidos de fibras naturais - pano crú

O Curso de Costureiro(a) Modista B3 sob a orientação da formadora Sandra Botelho, têm vindo a desenvolver confecção de peças de vestuário com  tecidos de fibras naturais – pano cru, contribuindo para a consciencialização das formandas acerca dos problemas ambientais. Do mesmo modo, e aproveitando o papel de fazer os moldes de roupa, fizeram-se sacos de compras, sendoas “pegas” do saco feitas de tiras de telas de publicidade.

pc1 pc2

pc3

pc5pc4 pc6

 

VOLTAR

 
- HORTUS - Jardim Pedagógico

Os formandos do curso Técnico de Produção Agrária/Produção Animal, sob a orientação da formadora Sandra Cardoso, criaram um Jardim Pedagógico, denominado “Hortus”. O terreno, sediado na Ribeira Seca, foi cedido pelo Engenheiro Tavares da Silva. O jardim será constituído por plantas endémicas, plantas medicinais e ervas aromáticas.

 

 

VOLTAR